No início do Google?

Como aparecer no início das buscas do Google?

Há 2 formas básicas que na prática se complementam:

  1. Melhorar a eficiência de buscas da loja, site e/ou blog com as técnicas de SEO.
  2. Anunciar nos sites de busca como Google, Bing, Yahoo e outros.

O que acontece?

Algumas pessoas dizem e/ou vendem o investimento mensal em anúncios como se fosse a única forma colocar no início do Google, mas é uma forma temporária. Outros vendem os serviços de SEO como a solução que por si só resolve. E outros dizem que não tem como dizer que ficará na primeira página de resultados de buscas, pois o Google e outros vivem mudando os critérios.

Como evoluíram os critérios de busca?

As mudanças de critérios do Google tem ocorrido mais de uma vez no ano e quem acompanha e entende o que modificam, assim como, ocorre nos outros buscadores, é visando melhorar para os internautas os resultados mais úteis.

Por exemplo antigamente os fazedores de página colocavam 50 vezes a palavra sexo como palavra chave. Os buscadores primeiro passaram a limitar às primeiras 20 e desprezar as outras, o que na prática até a 10ª pode ter relevância geralmente. Depois passaram a penalizar que fazia esta tentativa de burlar. Depois passaram a fazer análise do conteúdo da página, para conferir se a palavra tinha haver com o conteúdo. Se tinha repetição demais no texto também, senão era texto copiado e colado de outro lugar, atualização do texto, renovação, frequência de atualização das páginas e respectivos conteúdos, …

Criou-se um Page Rank, ou seja, um índice para qualificar a qualidade e desempenho das páginas, passou a medir a velocidade do site e das páginas, depois verificar se o site é compatível com mobile, e em seguida os que não são compatíveis com celulares e tablets serem praticamente excluído s das buscas e/ou colocados ao final para somente senão houver opção.

Como resolver?

Não é receita pronta de bolo, deve-se trabalhar constantemente e/ou investir em anúncios no mínimo no Google. E devemos integrar as técnicas e outras para melhorar os resultados como um todo.

Se acabou de instalar ou já tem uma loja PrestaShop instalada, você já à disposição muitos recursos para melhorar os resultados em relação à outros sistema concorrentes menores, assim como, outros maiores, porém mais complicados e/ou mais pesados. Veja o Roteiro básico de Configuração após a instalação  e o Roteiro após a instalação do PrestaShop para verificar o que pode e deve ser melhorado.

Os 2 primeiro itens são as opções que mencionamos anteriormente e o 3º e 4º já são dicas de melhorias úteis que também influenciam.

  1. Melhorar o SEO – Se for melhorar a estrutura da loja e do site, seu conteúdo, divulgação estruturada nos sites de busca e análise das estatísticas na sua loja, blog e Painel de Controle da hospedagem, deve fazer de forma profissional e não no achismo. Resumiremos os principais itens a serem seguidos:
    • Configurações dentro do PrestaShop
      • Configure URL amigáveis, CMS, Cache após configurar tudo
      • Cada produto deve ser configurado a url amigável, Título Meta, Descrição Meta, além das Palavras Chave, assim como nas Categorias, Fabricantes e Fornecedores se os utilizar
    • Ações e Configurações fora do PrestaShop
      • Análise de Estatística do Painel de Controle da hospedagem do site
      • O Webmaster de cadastrar os sites/loja nos principais sites de Busca Google e Bing
      • Envio de Mapas de Site formatados conforme regras estabelecidas.
  2. Anunciar nos Buscadores – Se for fazer uma campanha paga no Google deve ser planejada e preparada no site antes, depois analisa-se constantemente os resultados e modifica-se as diretrizes semanalmente inicialmente e depois no mínimo mensalmente.
    • Etapa Básica
      • Abrir uma conta no Google AdWords – Anúncio por palavras no Google
      • Definir uma verba que deseja investir diária e mensalmente
      • Criar uma Campanha
      • Criar os Anúncios da campanha
      • Definir as palavras chave para campanhas e anúncios
    • Etapa Avançada
      • O Webmaster deve criar conta no Google Analytics
      • Gerar código no Analytics para incluir no site/loja
      • Após algumas semanas começar a analisar os resultados e decidir por novas ou corrigir as estratégias criadas inicialmente
  3. Melhorar Desempenho e Diminuir Problemas
    • Diminuir tempo de acesso às páginas
    • Corrigir erros de acesso e páginas
    • Tamanhos menores de imagens para carregamento mais rápido: Diminuir a resolução para 72dpi, e diminuir para 8 bits, gravar nos formatos “.gif” ou “.jpg”, são algumas das formas.
  4. Melhorar Qualidade e Conteúdo
    • Os produtos devem ter nomes claros, curtos e fáceis
    • A descrição detalhada e com informações técnicas úteis
    • Mais de uma imagem de cada produto e com tamanhos grandes, por exemplo 800×800 pixels. O PrestaShop se encarrega de criar os tamanhos menores das imagens de acordo com a configuração da loja.

Outros artigos:

A Evolução da Loja Online

Começamos um novo site dedicado à Mídia Cruzada, pois cada vez mais tem que se pensar em todo o conjunto integrado e se ainda tiver loja física se possível integrá-la, o que chama-se de ominichannel, ou seja, o canal completo e integrado entre internet e física.

Deixe uma resposta